Você sabe o que é um MVP?

O MVP serve para você efetuar testes e validar uma idéia antes de fazer investimentos maiores

Você sabe o que é um MVP?

MVP é um modelo praticado por empresas que baseia-se em lançar um novo produto ou serviço com o menor investimento possível. A sigla significa em inglês Minimum Viable Product, ou seja, produto mínimo viável.

O MVP serve para você efetuar testes e validar uma idéia antes de fazer investimentos maiores, ou seja, ele contribui para verificar a viabilidade de seu negócio.

Produto mínimo viável

Ou o Minimum Viable Product funciona como uma investigação prática para levar um produto a um determinado tipo de cliente com o mínimo de recursos possíveis para conhecer qual será a resposta do mercado, a compreensão do cliente sobre seu produto e se ele realmente soluciona o problema do consumidor.

Além disso, o MVP pode ser utilizado para o empreendedor investigar o comportamento do seu cliente em relação ao seu produto, detectar falhas antes de seu lançamento e dessa forma, compreender e alterar o que for necessário para melhor atender os seus clientes.

Ele cria a possibilidade de verificar, caso ocorra, alguma alteração na demanda do mercado antes da concorrência. Dessa forma, o desenvolvimento de um produto deve ser baseado em seu feedback, ou seja, o MVP serve para ter uma resposta ou interação mais rápida com o público alvo.

Além disso ele pode mostrar se determinada ideia é realmente um produto interessante para o mercado ou se, pelo contrário, não haverá aplicação no mercado.

Exemplo prático

Para melhor compreensão do que é o MVP: supondo que você é um desenvolvedor de software e entrega o seu produto ao cliente. Essa entrega representará o produto final mas de uma forma mais enxuta, porém o suficiente para solucionar o problema para o qual ele foi criado. Portanto, ele será uma versão mínima do produto, mas com o suficiente para testar sua eficiência e viabilidade de aplicação.

Após essa etapa de validação do mercado, o produto poderá ser otimizado e depois ter outros investimentos para ganhar o mercado propriamente.

O conceito de minimum viable product  é amplamente utilizado por companhias da área da inovação e por startups, principalmente empresas de tecnologia da informação.

Como exemplo de grandes empresas que utilizaram o MVP em sua criação, podemos citar: Facebook, Groupon e Apple.

Facebook
Primeiramente, era utilizado por alunos da Universidade de Harvard como uma versão reduzida, Mark Zuckerberg aprimorou o funcionamento da rede social para desenvolver o que hoje comporta milhões de usuários.

Groupon
Inicialmente um site simples feito com WordPress, que gerava cupons em PDF e era enviado manualmente para cada interessado, ou seja, completamente diferente do Groupon que conhecemos hoje.

Apple
O iPhone 1 não possuía algumas funções básicas como copiar e colar sendo um grande exemplo de Minimum Viable Product. As funcionalidades das versões seguintes não foram criadas no iPhone 1 intencionalmente, para assim gerar expectativas nos consumidores.

O conhecimento adquirido com o MVP é considerado mais importante do que a avaliação em si.

Ser observador ao definir a sua estratégia é essencial. O ideal é que você desenvolva o seu produto ou serviço da maneira mais simples possível e aos poucos vá incrementando funcionalidades para assim, poder desfrutar do sucesso de sua ideia no futuro!


Parcerias: Curso Desenvolvimento Web