Semana de 4 dias: de onde surgiu e as vantagens de adotar o modelo

A semana de 4 dias de trabalho é o sonho de muitos profissionais e já é realidade em algumas empresas brasileiras. Saiba mais.

Semana de 4 dias

A semana de 4 dias tem sido muito comentada entre os trabalhadores, principalmente nas redes sociais, como se fosse um sonho distante. 

Infelizmente, para a mentalidade de liderança que ainda se perpetua no Brasil, de fato, pode ser algo quase inalcançável. Tanto que, até agora, há poucos casos de empresas  brasileiras que adotaram a semana de 4 dias de trabalho. 

Já lá fora, a semana curtinha é realidade em países como, Espanha, Nova Zelândia,  Islândia e Japão.

Quais as vantagens da semana de 4 dias? Será viável no Brasil? É sobre o tema que vamos falar a seguir. Confira.  

De onde surgiu a ideia da semana de 4 dias? 

Embora o assunto tenha ficado em evidência mais recentemente, a semana de 4 dias é um tema que profissionais da área de saúde mental e bem-estar, assim como algumas organizações não-governamentais e agências, vinham debatendo. 

Porém, assim como a pandemia acelerou o sistema home office, trouxe também como pauta os benefícios de uma semana de trabalho mais curta.

Você já imaginou que maravilha seria finalizar o expediente na quinta-feira sabendo que poderá acordar mais tarde e fazer o que quiser na sexta-feira? Ou quem sabe acabar de vez com a síndrome do domingo, quando bate aquele desespero toda vez que começa a abertura do Fantástico.

Muitos trabalhadores passaram e ainda passam por essa depressão de fim de domingo, e a implementação de uma semana mais curta traria muitos benefícios para a saúde mental. 

Livro The 4 Day Week, de Andrew Barnes 

Quem se aprofundou melhor no assunto foi o empresário e escritor neozelandês Andrew Barnes. Ele é autor do livro The 4 Day Week e discursou no Ted Talks sobre o assunto. 

A proposta de Andrew é repensar a jornada atual de trabalho e, como o estresse e as condições atuais de trabalho vem piorando, ele encara a semana de 4 dias como uma grande solução para melhorar os impactos econômicos e favorecer a saúde do trabalhador. 

Além disso, a própria mudança ocorrida nos últimos anos no mercado de trabalho favorecem a implantação de semana de 4 dias. Isso porque, empregos fixos, segurança e benefícios já não são vistos com a mesma perspectiva. Como o trabalhador perdeu muito dos benefícios, por que não recompensá-lo com uma jornada diferente? 

Outro dado muito interessante comentado pelo autor é a respeito dos profissionais britânicos, que são produtivos de fato apenas por duas horas no dia, enquanto os canadenses mantêm a produtividade em torno de uma hora e meia. 

Empresas e países que adotaram a semana de 4 dias 

  • Unilever, Nova Zelândia
  • Shake Shack, rede norte-americana de fast food, Estados Unidos
  • Microsoft, Japão
  • Panasonic, Japão
  • Delsol Software, Espanha
  • La Francachela, rede de restaurantes, Espanha
  • Pursuit Marketing, Escócia

Esses são alguns dos exemplos já conhecidos e divulgados de empresas que adotaram a semana de quatro dias de trabalho. Algumas delas fizeram testes e mantiveram o mesmo salário, sem tirar qualquer benefício do colaborador. 

Benefícios da semana de 4 dias

Verdade seja dita, as pessoas estão exaustas e os índices de estresse e depressão aumentaram consideravelmente, principalmente por conta da pandemia. 

De acordo com estudo publicado no The Lan, periódico científico, somente em 2020 houve um aumento de 53 milhões novos casos de depressão e 76 milhões de ansiedade em 2020.

Embora o pico maior da pandemia tenha passado, o futuro ainda é muito incerto e os salários (fora do mercado de tecnologia) não acompanharam os aumentos dos preços abusivos. Tudo isso tem gerado desesperança, apatia e depressão por não conseguir fazer planos. 

Sendo assim, um dos benefícios da semana de 4 dias seria a diminuição do estresse para os trabalhadores, uma vez que poderiam tirar mais dias para relaxar e aproveitar para fazerem as coisas que mais gostam. Vejamos mais a seguir:  

Ocupar o tempo de forma saudável

Um final de semana de três dias permite às pessoas um planejamento melhor para dividirem os dias e horários de acordo com suas necessidades. 

Por exemplo, sexta resolver coisas particulares, fazer aulas, imersão, terapia, renovar documentos; sábado para ficar com a família e passear com o cachorro e domingo livre para descansar, assistir séries, fazer caminhada no parque.

Com isso, elas ganham um pouco mais de tempo para aproveitar a vida de forma mais saudável, cuidar do corpo e da mente. 

Queda na emissão de carbono 

Outro benefício da semana de 4 dias é a redução na emissão de carbono. A informação foi comprovada por um estudo realizado no Reino Unido em 2021, que mostrou que com a semana de 4 dias, houve uma diminuição de 21% da emissão de carbono.  

Aumento da produtividade

As empresas que testaram a semana mais curta observaram um aumento na produtividade, com os profissionais mais focados e motivados. Não houve atrasos nas tarefas.  

Chance de reter talentos  

As empresas que adotarem a semana de 4 dias se tornarão mais atrativas para os profissionais. Com isso, além de chamar a atenção de bons profissionais, terão mais chances de reter talentos. 

Redução de custos

Outra vantagem da semana mais curta é a redução de gastos para as empresas, uma vez que elas irão economizar em energia elétrica, água, vale-transporte e vale-alimentação ao fechar um dia por semana. 

Empresas brasileiras que adotaram a semana de 4 dias

Aqui no Brasil, algumas empresas já adotaram a semana de 4 dias, uma vez que a decisão é particular e não depende de lei.

Uma delas foi a empresa de artigos para pets Zee.Dog, que deu as quartas-feiras livres aos colaboradores e notaram um aumento na produtividade de 20%. A Crawly, uma startup de extração de dados de Minas Gerais é mais um caso, porém, muito à frente do tempo, ela adota a semana mais curta desde 2017, quando foi inaugurada. 

A agência gaúcha Shoot implementou a semana de 4 dias e dividiu os trabalhadores em dois grupos, sendo que alguns folgam às segundas e outros às sextas-feiras. 

O home office veio para ficar?

O que você acha da semana de 4 dias? Conta pra gente aqui nos comentários.E por falar em novos modelos de trabalho, em meio à pandemia, o home office ganhou força e se mostrou sustentável. Confira empresas que adotaram o modelo.


Parcerias: Curso React Direto ao Ponto