Recrutadores: quais são os tipos de candidatos eles odeiam?  

Alguns comportamentos de candidatos durante o processo seletivo pegam muito mal e irritam os recrutadores. Conheça alguns deles

tipos de candidatos que irritam os recrutadores

Quando fazemos uma entrevista de emprego, tudo o que queremos é encontrar formas de agradar aos recrutadores, não é mesmo? Contudo, na ânsia por se sair bem e conseguir um bom resultado, muitos candidatos acabam errando e muito!

Pensando em ajudar você a não passar por isso, hoje vamos falar sobre os tipos de candidatos que irritam os recrutadores. Tudo isso para que seja possível chegar mais perto de conquistar a vaga que você tanto sonha.

Está interessado em saber mais sobre o assunto? Então continue lendo e vamos conhecer quais são os tipos de candidatos que mais se destacam negativamente no processo de seleção. Acompanhe! 

E então, quais os tipos de candidatos que mais irritam?

De fato, existem alguns tipos de candidatos que são considerados especialmente irritantes por parte dos recrutadores.

Antes de tudo, vale lembrar que, na maioria dos casos, isso nem tem a ver com suas habilidades para a vaga e etc., mas sim com atitudes pessoais que não são muito recomendadas quando se está tentando uma vaga de emprego.

Vamos conhecer a seguir quais são os tipos de candidatos que mais irritam os recrutadores:

1 – O tipo que faz chantagem emocional

Falar algumas coisas pode até ajudar a criar empatia e identificação com o recrutador, mas é importante ter um limite.

Ficar muito tempo falando dos problemas, da falta de dinheiro ou do quanto você precisa do emprego pode ser um tanto desagradável.

Sendo assim, procure se ater a responder ao que for perguntado, sem entrar em maiores dramas da sua vida profissional. Seja objetivo e carismático nas respostas.  

2 – O tipo que recebe ajuda dos pais para conseguir o cargo

A cada ano que passa é maior o número de pais que indicam os filhos para os empregos e isso pode acabar atrapalhando mais do que ajudando.

Além disso, o recrutador procura um candidato que seja interessado e que tenha capacidade de ir atrás do que deseja. Se ele não vai atrás nem mesmo da vaga, dificilmente será levado a sério. 

3 – O tipo com muitos erros de grafia

O Português é mesmo uma língua complexa e todos nós erramos às vezes. Detalhes de pontuação e até mesmo construção das frases podem ser um problema.

Contudo, a grafia correta das palavras é algo que podemos encontrar em qualquer dicionário ou até mesmo no Google. Portanto, errar até nisso é algo que também demonstra um certo desinteresse. Fique atento e revise sempre os seus testes antes de entregar. 

4 – O tipo que não tem filtro nas redes sociais

Hoje em dia é cada vez mais comum que os recrutadores procurem o candidato também nas redes sociais, para entender mais sobre o seu comportamento online.

Sabemos que esse pode ser um ambiente um tanto hostil, e muita gente se vale da falsa sensação de anonimato para propagar discursos nada legais.

Sendo assim, postagens de cunho racista, homofóbico, machista, misógino, que propaga fake news e outros podem ser um verdadeiro gol contra.

5 – O tipo de candidato que mente

Quando o assunto é conseguir uma vaga de emprego, é preciso entender que não vale tudo não.

Muitos recrutadores consideram a mentira como um dos piores erros que o candidato pode cometer.

Não significa que você precise ser 100% honesto em todas as suas respostas, afinal, isso é bem difícil nesse momento. Contudo, seja consciente e tente ser realista nas suas respostas. 

6 – O tipo que se atrasa

De uma forma geral, o atraso é algo muito feio em qualquer circunstância. Contudo, se atrasar justo na entrevista de emprego é algo ainda pior.

Isso faz o recrutador pensar que se você chega no horário nem quando está tentando conseguir o emprego, também não vai chegar no horário depois de consegui-lo.

Por isso, pontualidade é algo indispensável e tão importante quanto o seu currículo.

7 – O tipo que fala sobre crenças e religião

Para tudo existe hora e lugar e é preciso entender que religião é algo pessoal.

Segundo recrutadores que foram entrevistados, o candidato que falar sobre religião no currículo, no formulário ou até mesmo na entrevista, já é desclassificado.

Claro que isso não conta caso o candidato tenha feito um trabalho em uma instituição religiosa e isso acrescente para o seu currículo profissional.

O mais importante, nestes casos, é abordar a experiência de maneira profissional, falando de como ela agregou para o seu desenvolvimento no trabalho. 

8 – O tipo que só fala mal das empresas que já trabalhou

Uma coisa que os recrutadores sempre observam são candidatos que falam mal das empresas que já trabalharam ou dos chefes que tiveram.

Isso porque esse pode ser um sinal de alguém que tem problemas com autoridade ou com a convivência com colegas.

Comentários sobre as preferências do ex-chefe, sobre os ex-colegas ou sobre acontecimentos do antigo trabalho devem ficar guardadas. 

9 – O tipo que não larga o celular

A menos que você esteja com uma situação delicada na família ou tenha um caso de vida ou morte, sempre desligue o celular durante a entrevista.

Lembre-se que, caso esteja passando por uma situação difícil, você também pode tentar remarcar a entrevista.

Contudo, enquanto estiver sendo entrevistado pelo recrutador e fazendo o processo de seleção, fique off, ok? Nada de ficar toda hora olhando para a tela.

Outros tipos de candidatos que irritam os recrutadores:

  • Aquele que é arrogante
  • O que fala palavrões
  • O que usa muitas gírias
  • O que vai usando roupas inadequadas
  • O que demonstra insegurança demais
  •  Aquele que fala somente o que foi perguntado e com respostas monossilábicas
  • O que emite opiniões muito extremistas sobre assuntos polêmicos, como futebol, política e religião, entre outros.
  • Aquele que “congela” quando recebe uma pergunta
  • Aquele que exagera demais no currículo
  • Aquele que usa um e-mail inadequado (pedro_gatão1987@hotmail.com)
  • O que envia currículo usando o e-mail corporativo do trabalho atual

O importante é lembrar que ninguém sabe mais da sua experiência do que você. Atenha-se a isso, fale dos seus conhecimentos sem arrogância e apresente-se com uma aparência saudável. 

Apenas isso e você já está a alguns passos à frente!

Prontinho, agora você já conhece os tipos de candidatos que irritam os recrutadores. Aproveite essas informações para se sair bem no processo seletivo!

Entrevista de emprego: confira dicas para se destacar  

Você está indo na sua primeira entrevista de emprego? Então além dessas dicas ótimas que demos acima, confira também este outro conteúdo com dicas para se destacar na primeira entrevista de emprego.


Parcerias: Curso Desenvolvimento Web