O que é COV e como ele pode prejudicar o faturamento da sua empresa

Já parou pra pensar que uma vaga em aberto durante meses pode gerar prejuízos para sua empresa?

COV - Cost of Vacancy

Muitos empreendedores ou gestores ainda não ouviram falar sobre o COV, que é o Cost of Vacancy ou seja, o custo gerado por uma posição em aberto na empresa.

De uma forma geral, a maioria acredita que, como ainda não tem aquele salário na sua folha de pagamento, não está tendo prejuízo. Contudo, existem perdas que, embora não estejam muito claras, estão sim onerando a empresa.

Então, se você deseja entender mais sobre o COV – Cost of Vacancy e como isso pode afetar seu negócio, fique com a gente e conheça todos os detalhes a respeito do assunto.

O que é COV?

COV significa Cost of Vacancy e representa o custo de vacância. Em outras palavras, a sigla se refere ao custo que uma empresa tem por manter uma vaga em aberto.

Acontece que o custo não fica aparente de maneira imediata, portanto, muitas empresas acabam não se atentando a ele. 

O valor é calculado a partir do momento em que a empresa percebe a necessidade de um novo funcionário, até o momento em que esse funcionário é contratado de fato.

Sem dúvidas, é um fator ainda muito subestimado pela maioria das empresas. De uma forma geral, os gestores entendem que se não há um salário a pagar, não há custo, representando uma redução momentânea dos gastos.

Contudo esse pensamento pode ser um grande engano, afinal, uma equipe incompleta pode acarretar diversos prejuízos para os resultados da empresa.

Quando alguém ocupa uma vaga, tem o objetivo de gerar um retorno financeiro. Logo, o salário pago não é um gasto, mas sim um investimento que pode render até 3 vezes mais.

Portanto, em outras palavras, podemos dizer que, se não há um colaborador, não há receita que poderia ser gerada por ele. 

Prejuízos do COV para sua empresa

Os impactos financeiros são os maiores prejuízos que manter uma vaga aberta pode trazer para a sua empresa. Inclusive porque muitas das outras desvantagens acabam impactando também nesse aspecto.

Ter uma equipe sobrecarregada, por exemplo, gera estafa e queda da produtividade, que consequentemente fica nítida nos resultados financeiros.

Conheça mais alguns impactos negativos que podem sofrer empresas com vagas em aberto:

  • Queda da produtividade da equipe e possível falta de habilidades específicas da pessoa que ocuparia a vaga em aberto
  • Mudança da rotina e diminuição do foco da equipe na readaptação
  •  Aumento do volume de trabalho, gerando sobrecarga, estafa e frustração
  • Colaboradores assumindo tarefas que não lhe pertencem, a fim de preencher lacunas, porém sem estarem devidamente familiarizados, além de acabarem deixando as próprias tarefas de lado
  • Colaboradores que se sentem desvalorizados
  • Equipe com maior necessidade de atenção dos gestores e líderes para tarefas básicas, impedindo que eles foquem em assuntos mais estratégicos
  • Faz com que a empresa pareça mais fraca ou vulnerável para o mercado, os clientes e até mesmo para a concorrência
  • Aumento da rotatividade 

Direta ou indiretamente, todos esses fatores podem impactar muito na saúde e na estrutura financeira de uma empresa. Portanto, não é um aspecto a ser negligenciado e merece atenção dos gestores, visando o crescimento da empresa como um todo.

Impacto do COV em empresas de tecnologia

O COV – Cost of Vacancy impacta empresas de todos os setores, sem distinção. Contudo, em alguns deles, esse impacto pode ser menor, ao passo que em outros, ele pode ser maior.

Em uma empresa de tecnologia, por exemplo, é muito comum que a falta de um funcionário gere um impacto tremendo nas operações. Ainda mais com o mercado aquecido e com falta de profissionais, como ocorre atualmente. 

A falta de um funcionário especializado ou experiente em uma área, pode deter o avanço de um projeto inteiro.

Mais do que isso, esse mercado apresenta uma alta demanda por mão-de-obra e baixa oferta. Então, sem os recursos certos, uma vaga pode passar meses aberta sem ser preenchida.

Novamente, é preciso lembrar que esse e outros fatores, como os já citados anteriormente, impactam diretamente na questão financeira do negócio. 

Como eliminar o COV de maneira eficiente?

Eliminar o COV é totalmente possível e, para isso, é preciso preencher a vaga no menor tempo possível, claro!

Contudo, o que acontece, especialmente na área da tecnologia, é que a demanda e a rotatividade são altas. Então, nem sempre é possível encontrar o funcionário ideal em tempo hábil.

Para ajudar, existem algumas medidas que podem ser interessantes nesse sentido, veja:

  1. Tenha um processo seletivo mais objetivo
  2. Tenha um bom banco de dados com currículos em potencial
  3. Poste sobre a vaga no site e redes sociais da empresa
  4. Conte com o apoio de recrutadores de TI

Mesmo assim, apenas essas medidas podem não ser suficientes, então, a dica é focar em uma contratação estratégica. Você sabe o que é?

Resumidamente, o conselho para eliminar o COV da maneira mais eficiente possível é contratar uma empresa de recrutamento.

A área da tecnologia está superaquecida, com muitas vagas e uma alta rotatividade de profissionais.

Existem empresas com processo de seleção demorado que ficam com vagas abertas por meses e meses, gerando um custo de vacância cada vez maior.

Conte com a NewRiide

Você está passando por isso neste momento? Tem vagas em TI abertas, mas não encontra os profissionais certos?

Empresas de recrutamento como a NewRiide têm um amplo banco de dados de potenciais candidatos e uma equipe totalmente dedicada a achar a pessoa certa para a vaga disponível.

Mais do que isso, um recrutador experiente, e focado exclusivamente nesta demanda, saberá atingir o melhor resultado no menor tempo possível, otimizando processos e detendo a perda de recursos.

Quer saber mais como a NewRiide pode ajudar a sua empresa? Clique AQUI, contate-nos agora mesmo e tire todas as suas dúvidas!