10 más escolhas que afetam a sua produtividade diária

Algumas das escolhas que fazemos diariamente não são sábias e atitudes como essas podem afetar a produtividade e concentração

10 más escolhas que afetam a sua produtividade diária

A vida é uma sequência de decisões, muitas vezes tomamos essas decisões de forma que prejudicam nossa produtividade.

Algumas das escolhas que você faz podem não ser tão sábias, como por exemplo, ficar em frente ao computador o dia todo sem uma real pausa para descanso.

Atitudes como essas podem afetar a sua produtividade e sua concentração.

Quer saber quais comportamentos podem prejudicar a sua produtividade durante o dia?

Abaixo, listamos algumas das armadilhas que são fáceis de cair, no escritório e em casa.

1. Enfrentar as tarefas mais fáceis primeiro

Faça as coisas difíceis primeiro. Alguns pesquisadores dizem que a força de vontade diminui a medida que o dia passa, por isso faz sentido realizar as tarefas mais difíceis pela manhã, principalmente as que exigem muito foco e concentração, pois você nunca sabe quais conflitos ou tarefas extras podem aparecer mais tarde.

2. Checar o e-mail constantemente

A chamada da sua caixa de entrada pode ser difícil de resistir.

No entanto, pesquisas sugerem que alternar entre tarefas como: fazer pesquisa e verificar novos e-mails ao mesmo tempo, levam 40% mais tempo do que fazer um de cada vez. Mesmo quando você pensa que está sendo mais produtivo sendo multitarefa, você não está.

Uma solução simples, do psicólogo Ron Friedman, é silenciar seu telefone para que você não receba alertas por e-mail ou feche sua guia de e-mail enquanto estiver a trabalhar em algo importante. Designe horários específicos para verificar e responder aos e-mails em lotes.

Assim, você ficará mais concentrado em uma única tarefa. Essa atitude com certeza aumentará a sua produtividade e a qualidade do seu trabalho.

Principalmente para  tarefas que exijam mais concentração como as funções de desenvolvedores de software, por exemplo.

3. Manter seu telefone em sua mesa no trabalho

Ligar o telefone para “vibrar” não é suficiente. Na verdade, desligar o telefone não é suficiente.

Uma pesquisa publicada no Journal of Association for Consumer Research sugere que a simples presença de seu celular nas proximidades pode prejudicar seu desempenho cognitivo – mesmo que você não saiba de sua influência. A melhor solução parece manter seu telefone em outro ambiente.

4. Ficar Sentado o dia Todo

Empregos em que você precisa permanecer em um escritório não são exatamente propícios para fazer muita atividade física, como subir e descer escadas.

Pesquisas sugerem que ao levantar-se e movimentar-se  mesmo que seja por alguns minutos várias vezes ao dia já melhorará sua saúde no geral.

Uma pesquisa recente, publicada no Journal of American Heart Association e citada pelo New York Times, descobriu que pessoas que estavam ativas por cerca de uma hora por dia tinham metade do risco de mortalidade de pessoas que não o faziam. E não importava se elas praticavam essas atividades durante uma hora corrida ou em intervalos de cinco minutos ao longo do dia.

5. Olhar para uma tela por horas a fio

Olhar para uma um computador durante todo o dia pode levar à “fadiga ocular digital” e assim, resultar em sintomas como secura e embaçamento, informou Erin Brodwin, da Business Insider.

Entre na regra 20-20-20: a cada 20 minutos olhe para algo a 20 pés (6 metros) de distância por pelo menos 20 segundos, disse Rahul Khurana, porta-voz clínico da Academia Americana de Oftamologistas, ao Kevin Loria, da Business Insider.

6. Esperar até o final da tarde para fazer uma pausa no trabalho

Faça essa pausa pela manhã ao invés de esperar o final do expediente. Um estudo de 2015 publicado no Journal of Applied Psychology sugere que quanto mais tempo se passa desde o início do dia de trabalho, menos útil é o intervalo. As pausas feitas no início do dia têm maior propabilidade de garantir mais energia, concentração e motivação.

Curiosamente esse mesmo estudo descobriu que você não precisa necessariamente se envolver em atividades não relacionadas ao seu trabalho durante a sua pausa. Apenas certifique-se de fazer algo que goste de fazer. Em outras palavras, você pode aumentar a sua produtividade e relaxar ao mesmo tempo por exemplo, ao dar continuidade em um projeto que se sinta animado em fazer. Isso provavelmente será mais motivador do que navegar em redes sociais.

7. Ouvir música enquanto trabalha

Você pode se sentir mais produtivo quando escuta música enquanto faz suas tarefas que exijam concentração e criatividade, inclusive muitos desenvolvedores web o fazemmas isso talvez não aconteça de fato. Por quê?

O neurocientista e músico Daniel Levitin afirma que em quase todos os casos, o desempenho em tarefas intelectuais como por exemplo, ler e escrever sofrem consideravelmente quando você ouve música.

No entanto, há exceção quando você está a executar tarefas que são repetitivas ou monótonas, como trabalhar em uma linha de montagem ou dirigir por um longo período de tempo. Nesses casos, ouvir música pode até ajudar.

Levitin ainda sugere que a melhor aposta é ouvir música por cerca de 10 a 15 minutos antes de começar a fazer um trabalho que exija foco. Esse comportamento pode deixá-lo mais bem humorado e relaxado.

8. Escolher alimentos que parecem nutritivos mas não são

Erin Brodwin, da Business Insider juntou uma lista de alimentos que você pode achar que são bons para a saúde, mas não são e outros que são conhecidos como vilões mas fazem bem.

Por exemplo, sucos engarrafados podem parecer nutritivos mas na verdade são carregados de açúcar e calorias. Ao contrário, muitas pessoas pensam que comer ovos levará ao colesterol alto, porém isso não é verdade, pois ovos contêm pequenas quantidades de quase todas as vitaminas e minerais exigidos pelo corpo humano, incluindo cálcio, ferro, potássio, zinco, manganês, vitamina E e muitos mais.

9. Navegar em Mídias Sociais

Os cientistas dizem que há duas maneiras diferentes de usar o Facebook: passivo e ativo. O uso ativo envolve interações com as outras pessoas, como por exemplo, postar atualizações de status e comentar em postagens. Já o uso passivo é sobre o consumo de informações, como percorrer o seu feed de notícias.

No entanto, um estudo publicado no Journal of Experimental Psychology sugere que o uso passivo do Facebook pode nos fazer sentir pior, pois pode causar desconforto ou até despertar inveja de ver a vida alheia aparentemente glamourosa de todos que a transmitem publicamente.

Então, em vez de apenas navegar, considere enviar uma mensagem ou comentar em postagens de amigos.

10. Ficar acordado até tarde

Os cientistas identificaram um fenômeno comum que eles chamam de “procrastinação na hora de dormir”, ou seja, “falhar em ir para a cama no horário pretendido, enquanto nenhuma circunstância externa impede a pessoa de fazê-lo”.

Por exemplo, continuar a assistir um episódio após o outro de uma série. Isso é uma situação para se preocupar, pois afetará algo importante: o seu sono e consequentemente, a sua produtividade no dia seguinte.

Como relatado no site da Business Insider, em alguns casos a perda do sono pode ser tão mortal quanto fumar.

Por isso, desligue a TV e prepare-se para a cama. Você com certeza será grato no dia seguinte e também anos depois.


Gostou de nossas dicas? Deixe a sua opinião nos comentários, ela é muito importante para nós.


Parcerias: Curso Desenvolvimento Web